sexta-feira, 8 de junho de 2012

HISTÓRIA DO FRANGO DE PADARIA


Mas, de onde surgiu o frango de padaria?
Há quem diga que o frango assado de padaria surgiu naturalmente nas padarias populares das cidades ou nas frangarias que surgiram para comercializar frango abatido. Porém o frango assado pronto, embalado para levar para casa está ligado à história de um grande empreendimento familiar, a Rede Frango Assado. “Em 1952, na cidade de Louveira, no interior de São Paulo, numa barraca que vendia frutas aos domingos na beira da Rodovia Anhanguera. Na hora do almoço, um dos donos costumava comer um frango assado preparado pela sua esposa. As pessoas que passavam por perto sentiam o aroma e começaram a pedir para ele vender o frango. Logo a família teve a grande ideia de transformar o prato num empreendimento, passando a preparar frango em maior quantidade. A estratégia deu tão certo que hoje a rede Frango Assado é uma das maiores franquias do país e consequentemente, outros empreendedores se espelharam no negócio.” Com o tempo as máquinas de assar frango (frangueiras) de todos os tamanhos se multiplicaram pelo país primeiramente padarias e casas de carnes, depois em outros estabelecimentos como lanchonetes, restaurantes e bares, minimercados, e agora praticamente em qualquer esquina e unidades móveis.
A alternativa do frango assado agrega valor nas vendas dos estabelecimentos nos finais de semana, e para os consumidores une o útil ao agradável, é prático e as donas de casa agradecem. Um frango de 2 kg dá para uma família de quatro pessoas comerem bem e é mais barato que a carne bovina e suína. No acompanhamento são oferecidas opções como farofa ou batatas cozidas inteiras e em casa pode ser complementado com arroz, polenta, salada mista, maionese. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário